“Irmãos necrófilos”. Assim ficaram conhecidos Ibrahim e Henrique de Oliveira. À época com 19 e 21 anos, respectivamente, os dois irmãos mataram, pelo menos, seis mulheres, uma criança e um vigia, entre 1995 e 1996, no município de Nova Friburgo, região serrana do Rio de Janeiro. Após os assassinatos, eles mantinham relações sexuais com os cadáveres.

Foi montada uma verdadeira operação de guerra para caçá-los. Cerca de 250 PMs, entre agentes locais e policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), espalharam-se pela cidade e florestas da região. Segundo reportagem de Sergio Torres, enviado especial a Nova Friburgo do jornal Folha de S. Paulo, publicada no dia 30 de novembro de 1995, moradores também estavam na busca pelos dois.

 

“Camponeses querem linchar irmãos no Rio”, dizia a manchete da matéria. “PM não sabe como evitar morte de acusados de 9 assassinatos”. De acordo com a matéria, os moradores haviam até escolhido a árvore na qual pendurariam os corpos dos necrófilos. “Aqui é com a gente. A polícia não vai se meter. O que eles fizeram é selvageria e selvageria se paga se responde com selvageria”, foi o que disse ao repórter o agricultor João das Neves, de 49 anos.

 

Delegado titular de Nova Friburgo à época, Henrique Pessoa afirmou que seria difícil os irmãos escaparem dos moradores. “Não tenho dúvidas de que vai haver um justiçamento”, disse à Folha. Não foi preciso. De acordo com uma nota da Folha do dia 19 de junho de 1996, Henrique entregou-se no Fórum de Friburgo no dia 18 de junho de 1996. Na mesma nota há a informação de que Ibrahim foi morto pela polícia em dezembro de 1995.

 

No entanto, as notícias não são muito precisas. Tomando o mesmo jornal como fonte, numa matéria do dia 2 de setembro de 2000, na qual consta que Henrique fora condenado a 34 anos de prisão pelo Tribunal do Júri local no dia anterior (01/09), aparece a informação de que Ibrahim foi morto apenas em 1996. Essa foi a última matéria sobre o caso divulgada no jornal.

 

 

De 1996, o filme “Eles Comem sua Carne”, do diretor Petter Baiestorf, foi baseado na história dos dois irmãos. http://www.youtube.com/watch?v=LgjX4v-7-Jo

 

Fonte: Acervo Veja

Acervo Folha